segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Já experimentou? Detox para homens com frutas vermelhas e suco afrodisíaco são a bola da vez

Para ajudar na recuperação do bem-estar e na eliminação de substâncias tóxicas ao organismo, a aposta da vez são as bebidas funcionais. Segundo Juliana Maceron Santamaria, nutricionista do Hospital São Luiz Morumbi, não há restrição no consumo dos sucos por ambos os sexos, no entanto, alguns ingredientes são imprescindíveis para os homens. Homens e as mulheres tem a mesma necessidade de micronutrientes e minerais, mas o metabolismo de cada pessoa, além do gasto energético atrelado à prática de atividade física, determina a necessidade de cada um. "Os sucos detox para homens devem conter frutas vermelhas, como morango, framboesa, amora e mirtilo. Essas frutas são potentes antioxidantes e ainda podem prevenir alguns tipos de câncer", explica. "A maçã é outra fruta que pode ser incluída nos sucos detox, pois ajuda a diminuir os níveis de açúcar no sangue. Além disso, os sucos devem conter vegetais verdes, como couve ou folha de beterraba, que são antioxidantes e ajudam na prevenção de doenças cardíacas e diabetes", diz Santamaria. Quem exagerou nas bebidas alcoólicas deve apostar nos sucos com água de coco para auxiliar na hidratação. A couve, vegetal com grande potencial antioxidante e anti-inflamatório, e hortelã ou gengibre, auxiliam no processo digestivo e nos sintomas de náuseas. "Também é válido colocar uma fruta cítrica de baixa caloria e com função antioxidante, como abacaxi, limão ou morango", diz. Além disso, alguns alimentos, mesmo sozinhos, são auxiliadores na hora de limpar o organismo. A nutricionista Cíntia Azeredo, do Vita Check-Up Center, listou dez deles: 1- Água de coco É fonte de sódio, magnésio, potássio e fósforo. Ajuda na reposição de minerais perdidos durante as festas e atua como poderoso hidratante. 2- Chá verde Tem ação diurética, aliviando a retenção de líquidos, o que leva à redução do inchaço e à eliminação das toxinas. 3- Chá de cavalinha Assim como o chá verde, possui ação diurética. 4- Gengibre umenta a produção de enzimas no fígado, que atuam na eliminação de toxinas. Possui ação antiinflamatória e termogênica, acelerando o metabolismo. 5- Aveia É rica em fibra solúvel, magnésio e vitaminas do complexo B. Favorece o bom funcionamento do metabolismo, aumentando a sensação de saciedade. Reduz a absorção de açúcares e gorduras. 6- Sementes (chia, linhaça, quinoa, gergelim) São ricas em nutrientes antioxidantes, possuem ação antiinflamatória e fibras que aumentam a sensação de saciedade. São também fontes de gordura monoinsaturada, que atua no aumento do bom colesterol e na redução do mau colesterol. 7- Salmão ou atum Ricos em ômega 3, excelente antioxidante protetor do cérebro e do coração, é fonte de proteína de alto valor nutritivo e possui alta digestibilidade. 8- Frutas da estação As frutas são sempre bem-vindas, devido aos seus altos teores de vitaminas antioxidantes, minerais e fibras, o que ajuda na eliminação de toxinas e na hidratação. 9- Verduras São ótimas fontes de fibras, vitaminas e minerais, que também atuam no processo de eliminação de toxinas pelo organismo. 10- Alimentos integrais Contêm alto valor energético e possuem carboidrato de melhor qualidade, além de preservar nutrientes como vitaminas, minerais e fibras. Aumentam a sensação de saciedade, possuem absorção do carboidrato mais lenta, o que evita, assim, um pico de açúcar no sangue. Confira quatro receitas práticas para ajudar a desinchar e diminuir a retenção de líquidos - além de uma dica para recuperar o vigor. Suco detox de couve, chia, maçã, pepino e cenoura 1 folha de couve ½ cenoura 1 maçã ½ pepino 1 colher de sopa de Chia 200 ml de água de coco Hortelã a gosto Modo de Preparo Bater no liquidificador e tomar sem coar. Suco de tangerina com aveia 2 xícaras (chá) de leite em pó desnatado 1 xícara (chá) de suco de tangerina 3 colheres (sopa) de farelo de aveia Modo de preparo Bater no liquidificador 2 xícaras (chá) de água gelada com os demais ingredientes. Servir bem gelado. Suco diurético 1 folha de couve 1 ramo de clorofila ou 4 colheres (sopa) do líquido de clorofila 1 punhado de salsinha 2 fatias de abacaxi 100 ml de água ou água de coco Adoçante a gosto Modo de Preparo Bater no liquidificador e tomar sem coar. Suco afrodisíaco para homens* ½ copo suco de romã ou uva integral 2 folhas de couve 1 banana madura ¼ mamão papaia 1 colher de sopa de amendoins torrados 1 colher de café de guaraná em pó ½ copo de água natural gelada e gelo Modo de preparo Bata tudo no liquidificador e sirva em seguida. *Receita da coordenadora do Curso de Gastronomia do Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação (IBMR), Ana Maria Gonçalves. Ela aponta os sucos de uva ou romã por suas propriedades antioexidantes e anti-inflamatórias, além de baixa quantidade de gordura e calorias. A banana é rica em magnésio, promove a vasodilatação e melhora o desempenho sexual, junto com o amendoim, mamão e o guaraná em pó, um energético natural.
Mais informações »

Esqueça o café: manhã é melhor momento para se exercitar

Duas pesquisas científicas indicam que praticar atividades físicas logo no início do dia, ainda de estômago vazio, ajuda a perder peso ou a mantê-lo mesmo comendo mais do que o habitual. A manhã, antes mesmo da primeira refeição do dia, é o melhor momento para se exercitar se a meta for perder alguns quilos. Isso faz com que o organismo queime reservas de gordura para obter energia, em vez de gastar o que acabou de ser ingerido, segundo estudos científicos. Em um deles, feito na Bélgica, 28 homens com cerca de 21 anos participaram de um teste por seis semanas no qual passaram a comer 30% mais calorias e 50% mais gorduras. Alguns permaneceram sedentários, outros começaram a se exercitar diariamente. Dos que se mexiam, metade o fazia antes do café da manhã, e outra metade depois da refeição – ambos comiam exatamente a mesma coisa, receitas com alto índice de carboidratos. Depois de um mês e meio assim, os sedentários engordaram quase três quilos em média, os que se exercitavam depois do café da manhã, mais de um quilo, e os que ia para a academia antes da refeição, nada. Nem um quilo a mais. Esta pesquisa teve baixo número de indivíduos e focou em homens jovens, por isso é limitada, mas indica um novo hábito a ser testado. Outra pesquisa, esta canadense, colocou dois grupos de homens para correr em esteiras até que eles queimassem 400 calorias, equivalentes a uma refeição pequena. Enquanto um o fazia de estômago vazio, outro o fazia meia hora depois de tomar um café da manhã calórico. Ambos os grupos queimaram gorduras e permaneceram com o metabolismo acelerado depois de terminar o exercício, mas os que estavam de estômago vazio tiveram resultados mais intensos. Este estudo contou com ainda menos indivíduos, somente oito, por isso também tem conclusões limitadas, mas vai na mesma direção do belga. Vale experimentar.
Mais informações »

Conheça 5 combinações perfeitas de alimentos que farão a sua gordura se transformar em músculos

Passada a euforia de fim de ano, chega o período de verão e as constantes idas à praia ou saídas com os amigos para um bar, regado a muita cerveja e petiscos gordurosos. Na segunda-feira, hora de ir para o trabalho, é evidente que a calça já não fecha mais como antigamente. A barriguinha começa a apresentar uma saliência que não existia. Está na hora de tomar uma atitude. Que tal transformar essa massa gorda em magra? Isso é mais do que possível, basta aliar exercícios físicos com alimentação saudável. Há também quem acredite que essa mágica só é possível ao retirar totalmente o carboidrato da dieta e investir pesado nas proteínas. Ledo engano! “O cardápio deve ser rico em proteínas magras, gorduras saudáveis, fibras, carboidratos complexos e água”, afirma Mila Moraes, nutricionista clínica esportiva da academia Balance Fitness, no Rio de Janeiro. “É importante lembrar que a refeição deve ser balanceada em todas as etapas, não somente antes e depois dos treinos”, explica Daniela de Almeida, nutricionista funcional e esportiva de clínica homônima e da empresa Delavita Congelados, ambas no Rio de Janeiro. Pensando nisso, separamos 5 combinações de alimentos ideais para que a protuberâncias extras se transformem em músculos, fazendo com que o aperto da camisa não seja mais motivo de tristeza, mas, sim, de alegria. E lembre-se: para que tudo dê certo é preciso juntar o cardápio com atividades físicas, como musculação e aeróbico. 1. tapioca com chia + omelete de 3 claras + 2 gemas (sem serem fritas) A tapioca é feita com a farinha da mandioca e possui alto índice glicêmico. Quando adicionamos a chia/ linhaça, que possui ômega 3, fibras e proteínas, como as contidas no ovo, conseguimos uma refeição que fornece energia continua para a pratica de atividade física, retardando a fadiga. As gemas são importantes, pois possuem várias vitaminas, como: A, D e do complexo B, como a colina, importante para reduzir a gordura no fígado e para a memória. 2. batata doce + filé de frango Queridinha dos praticantes de musculação, a batata doce é sem dúvida uma alimento riquíssimo! Fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico, que prolonga a sensação de saciedade, possui ainda alto teor de minerais, como manganês, magnésio, cálcio, fósforo e potássio e é uma excelente fonte de vitamina A, contribuindo para a saúde dos olhos, da pele e do sistema imunológico. Além disso, a batata doce auxilia o bom funcionamento do intestino, pois é rica em fibra alimentar insolúvel. Já o frango é uma proteína de alto valor biológico, fornecendo substrato para reparação muscular. 3. inhame + sardinha grelhada, no forno, ou na pressão Também carboidrato de baixo índice glicêmico, é fonte de cálcio, potássio, ferro e vitamina C, que ajuda na prevenção de infecções respiratórias. Alem disso, é uma boa fonte de vitamina B6, nutriente necessário para o corpo, que ajuda a quebrar a homocisteína, aminoácido que pode danificar diretamente as paredes dos vasos sanguíneos. Já a sardinha é fonte de proteínas, ômega 3 e cálcio, mineral que ajuda na redução de gordura corporal. 4. Mandioca (Aipim) + peito de peru (não defumado) A mandioca é fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico, o que significa que o seu corpo terá energia por muito mais tempo, ajudando no treino. Além disso, é rico em fibras, que fazem com que o carboidrato seja transformado em energia aos poucos, saciando mais e auxiliando indiretamente na perda de gordura corporal. Já o peito de peru é uma excelente fonte de proteínas de alto valor biologico com baixo teor de gorduras, dando uma moral no ganho de massa muscular. Alem disso, possui vitaminas do complexo B, que ajuda no metabolismo energético, e magnésio, que, além de auxiliar na manutenção da saúde óssea, tem papel importante na regulação da pressão arterial e melhora na sensibilidade à insulina, hormônio indispensável para o ganho de massa muscular. 5. macarrão de milho + carne moída magra A massa não contem glúten, podendo ser usado por celíacos ou intolerantes à substância. Por conter milho, possui vitaminas A, B1 e C, além do magnésio. A junção destes elementos ajuda no metabolismo energético, na perda de gordura corporal, além de possuir antioxidantes que combatem os radicais livres existentes no organismo e que podem causar doenças e até o envelhecimento precoce. A carne vermelha magra (patinho, coxão mole, lagarto, alcatra), ou seja, sem gordura aparente, além do seu alto teor proteico, é rica em ferro e vitamina B12, nutrientes utilizados para a produção de energia para os treinos. Além disso, é rica em zinco, mineral associado com a produção de hormônios anabólicos, ou seja, de ganho muscular.
Mais informações »

Confira dicas valiosas para ganhar massa muscular com exercícios

Você acha que aprender como ganhar massa muscular é apenas uma preocupação estética? Caso sua resposta seja sim, saiba que você está enganado. Aumentar a massa muscular traz benefícios para todo o organismo, já que há uma aceleração do metabolismo humano e uma melhora em diversas outras funções, como o controle do colesterol, por exemplo. Entenda como ganhar massa muscular Para aqueles que querem aprender como ganhar massa muscular, é preciso entender que uma rotina para emagrecimento não necessariamente leva à obtenção de massa muscular. Enquanto a queima calórica desafia uma potencialização do metabolismo, usando o combustível para eliminar a gordura, o processo de como ganhar massa muscular é intracelular, com a ativação de enzimas que realizam a síntese proteica de forma mais acelerada. Além disso, se você estiver demorando para obter resultados, tenha calma. Não é que você não saiba como ganhar massa muscular. A genética interfere bastante nessa questão, então, mesmo que um amigo siga a mesma rotina que você e esteja conseguindo resultados mais satisfatórios, isso não é motivo para desespero. Tenha perseverança que os resultados aparecerão. Vamos conferir algumas dicas de como ganhar massa muscular sem prejudicar a saúde? Tenha foco na atividade física aliada a uma alimentação balanceada e adequada às suas necessidades. 1. Como ganhar massa muscular com exercícios Frequentar a academia é uma ótima pedida para quem está procurando entender como ganhar massa muscular. Qualquer tipo de exercício físico é válido, mas os especialistas indicam a musculação, que pode trabalhar um músculo de cada vez, como o método mais eficaz nesse objetivo. Mas outros exercícios físicos também ajudam em como ganhar massa muscular, embora em menor escala. Na academia, converse com seu treinador para adaptar seu treino da seguinte forma: – Priorize os exercícios anaeróbicos e, se possível, coloque os exercícios aeróbicos para depois daqueles que desafiam o uso da força. Se você primeiro fizer aquela caminhada ou corrida na esteira, na hora de trabalhar os músculos, estará mais cansado e a eficácia do exercício não será tão grande. – Varie os exercícios. Se você está pensando em como ganhar massa muscular, deve saber que nosso corpo humano consegue se adaptar à rotina de exercícios que seguimos e deixá-la, digamos, mais confortável. Assim, depois de um tempo, você não terá que fazer muito esforço e isso retardará o processo de como ganhar massa muscular. Isso também possibilitará dar um descanso aos músculos, de um dia para o outro. – Estabeleça, no mínimo, três treinos semanais. Entender como ganhar massa muscular envolve dedicação da pessoa e, para resultados mais rápidos, é preciso comparecer no mínimo três vezes por semana à academia. 2. Como ganhar massa muscular com alimentação A rotina de como ganhar massa muscular também envolve uma alimentação adequada. E os carboidratos exercem um importante papel nesse sentido, principalmente antes e depois do seu exercício físico. Tente fazer pequenas refeições mais vezes ao dia. Você quer conhecer algumas sugestões de comidas que podem ajudar em como ganhar massa muscular? Confira a lista abaixo: – Barra de proteína; – Clara de ovo; – Frango; – Atum; – Aveia; – Frutas cítricas; – Macarrão integral; – Batata doce; – Banana; – Azeite de oliva. Além de adicionar os alimentos acima na sua dieta, outros que são ricos em gorduras, que prejudicam ao organismo, devem ser evitados se você quer entrar na rotina de como ganhar massa muscular: bolachas, bolos, leite integral, carnes gordas, churrasco, fritura e frios gordos são alguns exemplos.
Mais informações »

Confira o ensaio fotográfico do modelo André Hamann

Mais informações »

Odontologia: O que você precisa saber sobre a recuperação após a extração do siso

Ter o dente do siso (terceiro molar) extraído se tornou um rito de passagem no mundo de hoje. Se você ou seu adolescente estão se preparando para extrair o terceiro molar, a recuperação é algo que deve ser planejada. É importante que se lembre de que a extração do dente do siso é uma cirurgia, muitas vezes exigindo submeter o paciente a anestesia local e até geral. Inchaço na face e pescoço é comum, também hematomas. Bolsas de gelo e analgésicos prescritos pelo dentista ou cirurgião bucomaxilofacial ajudarão, mas se você tiver quaisquer dúvidas ou está preocupado quanto à experiência, contate seu cirurgião. Enquanto se recupera da cirurgia é importante manter uma dieta leve, líquida, até que comece a sarar. Comidas frias são indicadas, ou à temperatura ambiente, como purê de batatas; comidas quentes não são recomendadas, porque podem remover o coágulo da cavidade e causar infecções. Agora é hora de curtir aqueles milkshakes, pudins e gelatinas. Shakes de proteína também ajudam a ter a nutrição diária exigida com mínimo esforço. Mas se está bebendo shakes e líquidos, assegure-se de beber direto do copo, porque canudos não podem ser usados no pós-operatório até que permitido pelo cirurgião. Fumar também é proibido. A medida que você se cura da extração do dente do siso, se recuperar é a prioridade número 1. Siga as instruções do cirurgião, compareça às consultas de acompanhamento e confie na instrução do dentista sobre enxaguar da área operada após cada refeição para evitar infecção, caso seja indicado.
Mais informações »

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Conheça mais sobre o 'Mahamudra Brasil' praticado no Parque Ibirapuera em São Paulo

Mahamudra Brasil é um Estilo de vida e um método de treinamento, focado no constante progresso e evolução do ser humano. Confira a entrevista exclusiva feita pela equipe da Revista Persones com o diretor administrativo do Mahamudra Brasil Bruno Peloi no Parque Ibirapuera em São Paulo. Créditos de Reportagem:Eloy Nunes, Produção: Marinalva Marinho, Imagens: Danilo Priolli Araújo e Direção Panda. Agradecimentos: Mahamudra
Mais informações »
 
Traduzido Por Mais Template
Template by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top